"Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver” Amyr Klink

domingo, 20 de março de 2011

Leoberto Leal - Ituporanga - Vidal Ramos - Petrolandia / SC

Saída: 20/03/2011 - 08h30
Chegada: 20/03/2011 - 18h00
Roteiro: Leoberto Leal - Ituporanga - Vidal Ramos - Petrolandia / SC
Distância: 400 km
Moto: Suzuki Boulevard C1500
Comentários: Inicialmente esse passeio era para ter vários integrantes, mas de última hora alguns tiveram que "desertar"... Assim, os bravos e sempre presentes Dion e Pietro, acompanhados da Milene e do Ian, se encontraram no posto Mime da BR470 para um bom café da manhã.


Infelizmente esse é um problema nas pequenas cidades do interior de SC, eles não tem, ou não sabem divulgar sua culinária colonial. Na maioria das cidades mesmo perguntando aos moradores, nunca indicam um bom lugar para se comer. 

Seguimos pela BR470, entrando em Rio do Sul para pegar a SC302, passando por Aurora e por Ituporanga. Ali entramos na SC427 e depois na SC428 passando por Inbuia e depois chegando a Leoberto Leal. 



Depois de muito rodar para tentar encontrar um restaurante colocnial, para variar não conseguimos. Dessa vez comemos uma pizza caseira, lugar bem simples, servido pela familia.


No caminho passamos por uma gruta muito simpática, tem várias parecidas nessas estradas aqui de SC, geralmente é uma gruta com queda d´água onde se colocam um altar e as vezes bancos para celebrar ritos.


Nessa parada, um pequeno susto, ao parar num aclive perdi o equilibrio e deixei a moto tombar. Me assustei por causa da Milene que foi agil e "rolou" de cima da moto, sem nenhum arranhão, nem na moto, ufa !


Dali fomos conhecer Vidal Ramos e depois Petrolandia.

Todo o roteiro é muito bonito, com paisagens de serra, pois ali a região é alta, chegamos a cerca de 800m de altitude. Chegamos a passar frio em alguns momentos, mesmo de jaquetas.


 Muitas cascatas no caminho, mas poucas visiveis da estrada, e os acessos são por estradas de terra. Isso nos dificulta, por enquanto...




segunda-feira, 7 de março de 2011

Taió - Rio do Campo - Santa Terezinha SC

Saída: 07/03/2011 - 09h00
Chegada: 07/03/2011 - 19h30
Roteiro: Blumenau - Taió - Rio do Campo - Santa Terezinha - Blumenau
Distância: 430 km
Moto: Suzuki Boulevard C1500
Comentários: Depois de um domingo chuvoso até a madrugada, a segunda de feriado de carnaval amanheceu um tanto nublada, mesmo assim, Eu, Dion e Edson saímos de Blumenau as 9h para nos encontramos com o Thiago e a Diana na saída de Pomerode.
Tocamos pela BR470 em sentido oeste, e o tempo foi melhorando durante o trajeto. Para nossa sorte o transito estava tranquilo. Em Rio do Sul fizemos nossa primeira parada para o café da manhã.


Seguimos ainda pela BR470 até Pouso Redondo, onde pegamos a direita a SC422 até Taió. Ali fizemos uma parada para fotos e abastacimento. 360m de altitude, colonização italiana e alemã em 1949, hoje vive de beneficiamento de madeira e indústria moveleira.

430km

Taíó SC

Interior de Taíó SC


Região alagada pela barragem de Taíó


No caminho para Rio do Campo, pela SC423 muitas surpresas. Resolvemos entrar em um caminho de terra que nos foi indicado como tendo uma cachoeira. Muita lama !!! As motos literalmente dançavam na lama, jogando de um lado para outro, praticamente um enduro. Achamos muito perigoso e voltamos depois de alguns quilometros.

Força das águas nas enchentes, reparem as barras retorcidas e arrancadas.

Muita lama no caminho, a moto andava de lado...

Rípio


Ajudinha é sempre bem vinda...



Continuamos em direção a Santa Terezinha, cidade bem rural, 610m de altitude, colonização polonesa e ucraniana por volta de 1910. Por lá fizemos um lanche em uma padaria e depois começamos a fazer o caminho de retorno. Infelizmente tivemos que voltar pelo mesmo caminho, pois todas as outras saidas seriam por estradas de terra, com mais de 20km.

Santa Terezinha SC


Cachoeira em Rio do Campo




Arrozais

Em Taió está uma das principais barragens da região, muito importante para o controle de enchentes do vale do Itajaí. São 7 comportas que controlam o fluxo das águas. Meses atrás foi muito castigada com as águas, que pode ser visto em algumas fotos que tiramos.

Ponte da barragem de Taió




Barragem de Taió



Marca das águas na área alagada

Parada para comer goiabas...



Sem comentários...

Amigos: Edson, Thiago e Diana, Dion tirando a foto.

Nessa viagem, depois de 30mil km de estradas, um passarinho me atropelou, de frente, pegando direto na viseira do capacete, coitado...